http://draft.blogger.com/html?blogID=6881925503466310513 Produtora brasileira ganha dinheiro copiando Disney e Dreamworks - Blog do DVD

Downloads

Ferramentas

Followers


Tutoriais

Produtora brasileira ganha dinheiro copiando Disney e Dreamworks

Comments
A Folha de S. Paulo, a um tempo atrás, chamou atenção para o lançamento em DVD de diversos filmes nacionais inspirados em sucessos do cinema.
O hit da Vídeo Brinquedo é “Os Carrinhos”, lançado em 2006, quando “Carros” ainda estava nos cinemas. O filme de 45 minutos (menos da metade da duração do americano) tornou-se tão popular que vendeu 310 mil cópias, segundo a produtora, e já ganhou duas seqüências –a terceira está a caminho. É vendido até para o exterior, pela Amazon.com, como “The Little Cars”.
Animações digitais com títulos como “Ratatoing”, “Carrinhos” e “Gladiformers”. Os nomes parecem familiares e não é por acaso. A Vídeo Brinquedo, produtora e distribuidora baseada em São Paulo, pega carona em sucessos da Disney para vender seus produtos. “A gente quer pegar o conceito de Bollywood”, diz Mauricio Milani, diretor de conteúdo da empresa, referindo-se à indústria cinematográfica da Índia - que toma emprestadas idéias consagradas em Hollywood.
A Video Brinquedo começou suas atividades há sete anos, distribuindo desenhos como “Sonic X” e “Luluzinha”, e um obscuro desenho com temática evangélica chamado ”Reino submarino”. Teve poucas cópias vendidas até que a Disney lançou “Procurando Nemo” – com o qual guardava algumas semelhanças, como a presença de um peixe-palhaço e uma história centrada na relação pai e filho. De repente, o começou a vender como água, embalado pela animação milionária. A partir daí, a Vídeo Brinquedo quis não apenas distribuir, mas também criar seus próprios desenhos.
Mas a estratégia começou a dar certo mesmo com a animação 3D “Os carrinhos”, livremente baseada em “Carros”, da Disney/Pixar. Voltado para o público infantil, entre dois e três anos de idade, e comercializado por R$ 9,90, “Carrinhos” vendeu a enormidade de 300 mil cópias em mais de 12 países, segundo dados da empresa. E uma série para a TV já está sendo negociada.
O mais chocante chegou essa semana, quando a vídeobrinquedo distribuiu o DVD de “A Princesa e o Sapo”, cópia descarada de clássico Disney que chega em DVD  exatamente quando o original está nos cinemas.
Mas que golpe,não?
Abaixo a galeria da vergonha:

Alguém aí quer tentar processar?


Parceiros